Qual é a função das tubagens de bypass e como devem ser encaminhadas?

Para assegurar uma refrigeração e lubrificação adequadas da bomba, deverá existir um volume de caudal suficiente ao longo da mesma. A refrigeração e lubrificação desadequadas causam sobreaquecimento, desgaste dos rolamentos, fricção entre as faces vedantes, fugas no empanque - e tudo isto poderá provocar avarias ou falhas na bomba. É por isto que é necessário instalar uma tubagem de bypass caso exista o risco de não ser possível colocar a bomba em funcionamento ao caudal mínimo requerido.

 

A tubagem de bypass deverá ser instalada desde o orifício de purga da bomba ou o orifício de purga da tubagem de descarga até ao lado da aspiração (se possível) ou a um depósito, para garantir uma refrigeração adequada por parte do líquido bombeado. No retorno, deverá ser possível o líquido bombeado arrefecer antes de ser fornecido novamente à bomba, de forma a evitar o sobreaquecimento da mesma. Por este motivo, a tubagem de bypass nunca deve ser ligada diretamente ao orifício de aspiração da bomba. A tubagem de bypass está corretamente configurada se forem cumpridos os requisitos de caudal mínimo para a respetiva bomba, especificados nas instruções de funcionamento. À carga total, o volume que circula no sistema e na tubagem de bypass não deverá exceder o caudal máximo fornecido pela bomba.





    Facebook Twitter LinkedIn Technorati