Águas residuais

Águas residuais é uma expressão que se refere à água cuja qualidade foi de alguma forma afetada por atividades humanas.

Águas residuais é uma expressão que se refere à água cuja qualidade foi de alguma forma afetada por atividades humanas, e que é transportada por um sistema de esgotos combinado ou separado.

As águas residuais contêm um vasto leque de resíduos orgânicos e inorgânicos provenientes de diferentes fontes. Estas fontes podem ser domésticas, comerciais, industriais, ou agrícolas, e podem ainda incluir águas de superfície e águas infiltradas no sistema. Geralmente, estas diferentes fontes são divididas em três categorias: 

Águas residuais domésticas
Águas contaminadas provenientes de sanitas, chuveiros e banheiras, bidés, lavatórios, lava-louças e ralos.

Águas residuais industriais
Águas provenientes, total ou parcialmente, de atividades industriais ou comerciais.

Águas de superfície
Águas resultantes da precipitação que não foi absorvida pelos solos, e que é recolhida pelo sistema de drenagem, através de sarjetas ou algerozes. 

As expressões águas negras e águas cinzentas também são utilizadas para fazer referência às águas residuais. As águas negras são águas residuais que contêm matéria fecal e urina. Enquanto, as águas residuais sem matéria fecal ou urina são chamadas águas cinzentas. As águas cinzentas constituem 50-80% das águas residuais domésticas. 

As águas residuais contêm um vasto leque de resíduos orgânicos e inorgânicos provenientes de diferentes fontes. A lista abaixo descreve algumas das substâncias encontradas nas águas residuais: 

• Bactérias, vírus, priões e vermes parasitários. 
• Matéria orgânica como fezes, cabelo, comida, vómito, fibras de papel, matéria vegetal, húmus, etc. 
• Matéria orgânica solúvel como ureia, açucares da fruta, proteínas, medicamentos, etc. 
• Partículas inorgânicas como areia, cascalho, metal, cerâmica, etc. 
• Matéria inorgânica solúvel como amónia, sal de estrada, sal marinho, sulfureto de hidrogénio, metais pesados, etc. 
• Macrosólidos como papel higiénico, fraldas, preservativos, agulhas, brinquedos, animais mortos, etc. 
• Gases como o sulfureto de hidrogénio, dióxido de carbono, metano, etc. 
• Emulsões como tintas, adesivos, maionese, tintas de cabelo, óleos emulsionados, etc. 
• Toxinas como pesticidas, venenos, herbicidas, etc. 





    Facebook Twitter LinkedIn Technorati