Parte rotativa do empanque mecânico

A parte rotativa do empanque está fixada ao veio da bomba, e roda no líquido durante o funcionamento.

A parte rotativa do empanque está fixada ao veio da bomba, e roda no líquido durante o funcionamento. A compressão dos foles de borracha (8) entre o veio (9) e um dos anéis de transmissão do binário (10) fixa a parte rotativa do empanque ao veio. A mola (6) transfere o binário entre os anéis de transmissão do binário (5,10). O vedante rotativo (4) está acoplado aos foles de borracha (8). O anel de transmissão do binário (5) comprime os foles de borracha (8) contra o vedante rotativo (4). Os foles de borracha evitam fugas entre o veio (9) e o vedante rotativo (4), e asseguram uma flexibilidade axial apesar da contaminação e dos depósitos. Num empanque com foles de borracha, a flexibilidade axial é conseguida através da deformação elástica dos foles. No entanto, se for utilizado um O-ring, este desliza ao longo do veio. A força de compressão da mola mantém as duas faces do empanque juntas durante a paragem e o funcionamento da bomba, graças à flexibilidade dos foles ou do O-ring. Esta flexibilidade mantém as faces do empanque juntas, apesar dos movimentos axiais do veio, do desgaste das superfícies, e da excentricidade do veio.





    Facebook Twitter LinkedIn Technorati