Radiador

Um radiador é uma superfície de aquecimento que transfere uma parte significativa do seu calor através de radiação térmica, e o resto através de convecção.

A convecção é o processo através do qual o calor é transferido quando o ar frio passa pela superfície quente de um material sólido. O calor radiante é a energia entálpica transferida de um objeto para outro sem que os objetos estejam em contacto direto.

Habitualmente, a transferência de calor de um radiador ocorre, em igual proporção, através de radiação térmica e de convecção, apesar de esta proporção variar consoante o radiador. Os radiadores podem estar equipados com painéis de convecção atrás ou entre os painéis de radiação térmica, permitindo que seja transferida uma maior quantidade de calor através de convecção. Logo, a potência calorífica total aumenta. A radiação térmica de um radiador não aquece o ar de uma divisão de forma imediata, a radiação é antes absorvida pelos objetos, paredes e pessoas no espaço. À medida que os objetos aquecem, estes irão, por sua vez, aquecer o ar à sua volta através de convecção. Geralmente, a potência calorífica de um determinado radiador depende da diferença de temperatura entre o fluido no radiador e a temperatura do ar na divisão. Uma diferença de temperatura superior levará a maior potência calorífica. A potência calorífica nominal de um radiador é especificada para determinadas condições padrão, em termos das temperaturas de ida, de retorno, e do ar da divisão. A potência calorífica real de um determinado radiador para condições não padrão pode ser calculada através de tabelas de conversão ou do expoente do radiador. 





    Facebook Twitter LinkedIn Technorati