pH

O pH é a medida da acidez ou alcalinidade de uma solução, com um intervalo de 0-14.

O pH é a medida da acidez ou alcalinidade de uma solução, com um intervalo de 0-14. Numa solução, os iões de hidrogénio estão sob a forma de catiões de H+ e H3O+. Na água pura a 25°C, a concentração de H+é igual à concentração de iões de hidróxido (OH-), porque a água dissocia naturalmente estas duas espécies iónicas. Isto corresponde a um pH de 7,0, ou seja, um pH neutro. Nas soluções em que a concentração de H+ é superior à de OH-, o pH apresenta valores inferiores a 7, ou seja, um pH ácido. Nas soluções em que a concentração de H+ é inferior à de OH-, o pH apresenta valores superiores a 7, ou seja, um pH alcalino.

Os valores de pH das águas residuais controlam o equilíbrio de compostos químicos e orgânicos no sistema de esgotos. Isto irá influenciar, por exemplo, a emissão de amónia volátil (NH3) no estado gasoso, o que poderá provocar problemas de odor. A amónia está em equilíbrio com o ião não volátil de amónio (NH4+) no estado líquido. Com valores de pH inferiores a 9,25, a amónia volátil será predominante. O aumento da concentração de amónia no estado líquido irá influenciar o equilíbrio entre o estado líquido e o estado gasoso, e a amónia irá evaporar das águas residuais até o equilíbrio ser recuperado. 

O pH também influencia os processos biológicos, uma vez que os micro-organismos e os biofilmes presentes nas águas residuais têm um pH ideal. Com o pH ideal, aproximadamente 7, as funções metabólicas dos micro-organismos serão também ideais. 





    Facebook Twitter LinkedIn Technorati