Corrosão intergranular

A corrosão envolve a degradação de uma superfície metálica exposta. A corrosão intergranular ocorre nos contornos do grão. Esta corrosão é também chamada corrosão intercristalina.

Geralmente, a corrosão envolve a degradação de uma superfície metálica exposta. A corrosão ocorre de diversas formas, desde uma corrosão uniforme em toda a superfície, a focos de corrosão severa.

Conforme o nome sugere, é um tipo de corrosão que ocorre nos contornos do grão. Esta corrosão é também chamada corrosão intercristalina. Habitualmente, este tipo de corrosão ocorre quando existe a precipitação de carboneto de crómio nos contornos do grão, durante o processo de soldagem, ou como consequência de um tratamento térmico insuficiente. Consequentemente, existe uma zona estreita à volta dos contornos do grão que poderá perder o crómio, e tornar-se menos resistente à corrosão do que o resto do metal. Este processo é extremamente significativo uma vez que o crómio desempenha um papel importante na resistência à corrosão.

Existem alguns exemplos de metais sujeitos a corrosão intergranular:

• Aço inoxidável - que possui um tratamento térmico ou soldagem insuficientes;
• Aço inoxidável EN 1.4401 (AISI 316) em ácido nítrico concentrado.





    Facebook Twitter LinkedIn Technorati