Abastecimento de água para combate a incêndios

O abastecimento de água à bomba do sistema automático de extinção deverá cumprir os requisitos em termos de caudal, pressão, e duração. As fontes poderão ser a rede de abastecimento público, depósitos de armazenamento de água, e fontes inesgotáveis como lagos, rios e canais.  

É essencial que o abastecimento de água à bomba seja adequado. Dependendo dos riscos, poderá haver uma ou duas fontes de água para assegurar o abastecimento adequado e fiável das bombas. As fontes de água poderão ser as duas do abastecimento público, ou do abastecimento público + um depósito de armazenamento.  Habitualmente, é instalada uma linha de aspiração do abastecimento de água para cada bomba, para evitar interferência entre as bombas. Os critérios de conceção estão claramente descritos nas diversas normas de sistemas automáticos de extinção.
 
A água não deverá conter objetos, e deverá estar suficientemente limpa para circular num sistema automático de extinção. No sentido de evitar a entrada de objetos no sistema, é necessário colocar um filtro na entrada do tubo de aspiração para as bombas.  
Geralmente, a temperatura recomendada da água abastecida é 40° C, sendo 25 °C para bombas submersíveis.   
 
As fontes poderão ser:
- rede de abastecimento público;
- depósitos de armazenamento de água; 
- reservatórios; 
- depósitos por gravidade;  
- fontes inesgotáveis como lagos, rios e canais.





    Facebook Twitter LinkedIn Technorati