Teto radiante refrescante

Os tetos radiantes refrescantes podem ser utilizados como complemento, se os sistemas de ar frio forem insuficientes. O efeito de arrefecimento é conseguido sobretudo através da absorção de calor, sendo a convecção uma função secundária.

Em alguns edifícios, é gerada uma grande quantidade de calor pelas pessoas, equipamentos, luz solar, ou iluminação, fazendo com os sistemas de regulação de temperatura através de ar frio sejam insuficientes. O uso de um sistema de ar frio pode ser desconfortável devido a correntes de ar, etc. 

Para reduzir a quantidade de ar frio, os tetos radiantes podem ser utilizados como complemento do sistema. Geralmente, os tetos radiantes são unidades pré-fabricadas, constituídas por tubagens em cobre ou alumínio, e painéis em alumínio.  

A sua capacidade de arrefecimento é cerca de 50 a 150 W/m2. O efeito de arrefecimento é conseguido sobretudo através da absorção de calor, sendo a convecção uma função secundária.  





    Facebook Twitter LinkedIn Technorati