Tratamento de lamas

Visão geral

Visão geral

A lama é um subproduto do tratamento de águas residuais em todas as estações convencionais de tratamento de águas residuais, e enquanto que a água tratada pode ser bombeada para as águas recetoras de acordo com os requisitos da licença de descarga, a gestão do tratamento de lama é mais complicada. Geralmente, a utilização final é como fertilizante em terrenos produtivos, deposição em locais de eliminação de resíduos, incineração no local ou efetuada por um parceiro externo, geralmente incluída no processo de geração de energia.

O bombeamento de lama requer equipamento capaz de manter os elementos viscosos em movimento - sem ficar entupido. A lama primária tem de ser bombeada dos clarificadores primários para o tratamento de lama, e a estação elevatória de lama requer uma seleção criteriosa de bombas, consoante o índice de lama e o caudal.

As bombas centrífugas como as gamas de bombas SE/SL ou S da Grundfos com impulsores Vortex são usadas frequentemente, sendo concebidas para uma utilização duradoura em ambientes exigentes. Para o bombeamento de lama, é preferível a utilização de bombas de instalação a seco, visto permitirem inspeções frequentes e fácil manutenção.

Os sistemas de controlo e monitorização aumentam o potencial de melhoria tanto da eficiência como da fiabilidade. A Grundfos fornece conversores de frequência (Grundfos CUE), proteção de motor (MP204) para a monitorização das condições do motor, garantindo um funcionamento perfeito.

Drenagem/concentração de lamas

O principal objetivo da drenagem/concentração de lamas é minimizar o volume da lama e assim reduzir o tamanho e capacidade necessários dos processos de tratamento subsequentes e respetivo equipamento. Adicionalmente, a diminuição do índice de água reduz o consumo energético do aquecimento da lama no fermentador. A eficácia da drenagem depende do tipo de equipamento e qualidade da lama.

A Grundfos pode fornecer sistemas totalmente automatizados, de controlo por PLC, para gerir a preparação e o doseamento precisa de coagulantes orgânicos ou poli-electrólitos. A Grundfos possui os conhecimentos especializados para tal, e pode adaptar a estação de doseamento para a utilização de produtos químicos como concentrados, soluções prontas a usar ou químicos secos, em conformidade com os seus requisitos.

A lama pode ser drenada diretamente de um tanque de concentração ou tanque para armazenamento de lama. Geralmente, a lama é concentrada por gravitação num tanque de concentração de lama ou através de drenagem mecânica em simples unidades de drenagem, e implica simplesmente a remoção da água da lama. É possível adicionar poli-electrólitos para melhorar a formação de flocos de lama de grandes dimensões.

A remoção da água é realizada pelas gamas Grundfos de bombas SE/SL e S que se destinam especificamente a uma utilização duradoura e gestão de caudal, podendo ser instaladas a seco ou submersas.

Os tanques podem ser equipados com um misturador AMG de baixa velocidade para garantir uma concentração homogénea de lama. Os misturadores Grundfos possuem um design robusto com materiais resistentes à corrosão, fácil assistência e manutenção, e funcionamento isento de falhas em ambientes difíceis.

Fermentação de lama

A lama é geralmente tratada através de diversas técnicas de fermentação, cujo objetivo é reduzir a quantidade de matéria orgânica e o número de micro organismos prejudiciais à saúde presentes nos sólidos. Atualmente, os fermentadores são relativamente fáceis de operar e, apesar das temperaturas relativamente elevadas necessárias ao processo de fermentação da lama, é necessário um tempo de retenção de 25 a 30 dias. Neste processo pode ser usado um misturador AMG de baixa velocidade.

Devido à degradação biológica do material orgânico, é produzido biogás no sistema. O biogás pode ser utilizado num sistema de produção combinada de calor e eletricidade (CHP), no qual são produzidos calor e eletricidade.

Nas grandes estações de tratamento de águas residuais, a fermentação anaeróbica é o método mais utilizado no tratamento de lama. A fermentação anaeróbica resulta numa mais avançada degradação da lama em condições anaeróbicas, reduzindo o índice orgânico total da lama de 40 a 60%.

Após a fermentação, ocorre a drenagem final. A lama drenada tem de ser eliminada de forma segura, por exemplo, através de incineração para a geração de energia.

A Grundfos disponibiliza os seus conhecimentos especializados para o ajudar a manter os seus objetivos de desempenho, desde a identificação inicial de necessidades, à Seleção, instalação, operação e manutenção da solução de bombeamento. Os acordos de arranque da Grundfos garantem uma instalação correta e os planos de manutenção cobrem todas as eventualidades, da manutenção de rotina a peças sobresselentes.





    Facebook Twitter LinkedIn Technorati
Casos
Contacto
Assuntos técnicos ou comerciais

Telefone

(+351) 21 440 76 00
Serviço Pós-Venda

Telefone

(+351) 21 440 76 00