Colaboradores da Grundfos ajudam menino a ter mão biónica

23/05/2011

tampas

Em 4 meses, os colaboradores de BGP juntaram 134 quilos de tampas com o objectivo de ajudar um menino a ter uma mão biónica.

Os colaboradores de Bombas Grundfos Portugal (BGP) juntaram esforços para ajudar o Rodrigo, um menino de dois anos que nasceu sem mão, a conseguir uma prótese, no valor de 8 mil Euros.

A CEINOP SA, uma empresa de reciclagem localizada na Póvoa do Varzim, ofereceu-se para doar o valor da mão biónica se conseguisse reunir 18 toneladas de tampas de plástico. Uma colaboradora da Grundfos leu esta notícia no jornal e propôs aos colegas na empresa a participação na iniciativa. Em 4 meses, os colaboradores de BGP contribuíram com 134 quilos de tampas.

Entretanto soube-se que existem mais 9 casos semelhantes em Portugal. O próprio Rodrigo irá necessitar de outras mãos biónicas, à medida que for crescendo. Perante esta situação, a empresa de reciclagem decidiu continuar a fazer a recolha das tampinhas.

A Grundfos decidiu também continuar a participar na recolha. Dois dos colaboradores da empresa divulgaram inclusive esta iniciativa nas escolas dos seus filhos (Externato O Baloiço e Colégio da Bafureira), que, de imediato, aderiram, tendo transmitido a informação aos outros pais. A recolha das tampas nestas duas escolas é realizada pelos dois colaboradores e entregue na Grundfos.

 





    Facebook Twitter LinkedIn Technorati